A vida pós-câncer de próstata - Dr Mikael Vieira

A vida pós-câncer de próstata

A vida pós-câncer de próstata

Ao chegar ao final do tratamento de câncer de próstata, ao mesmo tempo em que o paciente se sente aliviado com o término, fica a preocupação de uma recidiva ou metástase.

Mas vale lembrar que a vida após o câncer deve significar voltar a realizar suas atividades e também fazer novas escolhas.

  • Mantenha o acompanhamento periódico

Após o tratamento, os médicos ainda irão acompanhá-lo de perto por alguns anos. Por isso, compareça a todas as consultas.

Essas visitas, serão fundamentais para que seu médico o examine, converse com você sobre qualquer sintoma que tenha apresentado e peça pedir alguns exames de laboratório ou de imagens para acompanhamento e reestadiamento da doença.

Além disso, suas idas ao médico são um bom momento para fazer perguntas e falar sobre quaisquer alterações ou problemas que você perceba ou preocupações que você possa apresentar.

  • Exames de rotina 

Nas consultas de acompanhamento será comum a solicitação de exames de PSA, toque retal, caso a próstata não tenha sido removida. Esses exames provavelmente irão se iniciar alguns meses após o término do tratamento e a frequência das consultas e dos exames dependerá do estadiamento da doença e da probabilidade da recidiva. 

A indicação é para realização de exames de PSA a cada 6 meses nos primeiros 5 anos após o término do tratamento, e posteriormente anualmente. 

  • Como diminuir o risco do câncer progredir ou recidivar?

Aqui será fundamental manter uma vida saudável. Parar de fumar e manter uma alimentação equilibrada pode ajudá-lo a reduzir o risco da recidiva. Conheça alguns benefícios de uma rotina saudável:

1 – Prática recorrente de atividade física

De acordo com algumas pesquisas, os homens que se exercitam regularmente após o tratamento podem ser menos propensos a morrer do câncer de próstata do que aqueles que não o fazem. Mas ainda são necessários mais estudos para comprovar essa pesquisa.

  • Peso equilibrado

Homens com excesso de peso ou obesos quando diagnosticados com câncer de próstata podem ter pior prognóstico. 

  • Parar de fumar

Além de apoiar no tratamento, parar de fumar pode ter outros benefícios para a saúde, bem como reduzir o risco de alguns outros tipos de câncer. 

  • Suporte emocional

Para enfrentar a doença receber apoio emocional será fundamental. Por isso, é indispensável ajuda dos familiares, amigos, ex-pacientes ou sites sobre a doença.

Quer saber mais? Continue acompanhando o blog.

Open chat
Precisa de ajuda?