Vida sexual masculina - Dr Mikael Vieira

Vida sexual masculina

Vida sexual masculina

Estudos apontam que os homens costumam dar menos atenção à saúde e, por consequência, realizam menos consultas médicas. De acordo com o Centro de Referência em Saúde do Homem de São Paulo, 70% dos homens que procuram um urologista acabam tendo influência familiar. 

Os homens brasileiros vivem, em média, 7,2 anos a menos que as mulheres, por isso o Ministério da Saúde implementou, em 2009, a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem. A iniciativa tem como principal objetivo promover ações de saúde que contribuam para a mudança de mentalidade por parte dos homens quanto aos cuidados com a saúde.

  • Quais hábitos saudáveis devem ser adotados?

Além da genética, hábitos saudáveis podem ser fatores determinantes para a saúde. Por isso, a adoção de hábitos saudáveis, a prática de atividade física regular, a alimentação balanceada e o uso moderado de bebidas alcoólicas são cruciais para diminuir estes agravos evitáveis.

Outro ponto fundamental, é que sempre lembrar que a identificação precoce de doenças aumenta as chances de um tratamento eficaz. Neste sentido, é indispensável que os homens coloquem como rotina exames preventivos e idas regulares ao urologista.

  • Quais exames devem ser regulares?

É recomendado sempre aferir a pressão para acompanhar as taxas de colesterol, evitando doenças crônicas como a diabetes e a hipertensão. Além disso, outros exames importantes são os relacionados às doenças sexualmente transmissíveis como o teste de HIV, hepatite B (HBsAg) e do vírus da hepatite C (anti-HCV).

Para os homens com mais de 50 anos e com sintomas de problemas na próstata, como dificuldade para urinar, jato urinário fraco ou sensação de esvaziamento incompleto da bexiga, é indispensável procurar um urologista.

Para aqueles com história familiar de câncer de próstata antes dos 60 anos e assintomáticos, a recomendação também é consultar um médico, pois somente um especialista pode orientar quanto ao melhor procedimento, exames ou tratamento. Vale ressaltar que, no Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma).

  • Quais sintomas deve-se ficar atento?

Alguns sintomas podem mostrar alterações do sistema reprodutor, principalmente na próstata. São eles:

• Dificuldade para urinar

• Necessidade de urinar mais vezes (principalmente à noite)

• Urgência para urinar

• Dificuldade para iniciar ou parar o fluxo urinário

• Jato urinário fraco, reduzido ou interrompido

• Sensação de esvaziamento incompleto da bexiga

É sempre importante lembrar que ser homem não significa ser super herói e forte o tempo todo. Precisamos mudar essa cultura e cuidarmos mais da saúde masculina. A prevenção sempre será o melhor caminho para uma vida saudável.

Gostou? Quer saber mais sobre o tema? Continue acompanhando o blog.

Open chat
Precisa de ajuda?