Câncer de Pênis - Dr Mikael Vieira

Câncer de Pênis

Câncer de Pênis

Após a realização da amputação parcial ou total do pênis (cirurgia primária para o tratamento do câncer peniano), alguns pacientes necessitam de realização de uma Linfadenectomia Inguinal Bilateral e/ou Pélvica, tendo em vista que esse tumor tem nos linfonodos inguinais sua principal e inicial forma de disseminação, com influência importante no prognóstico desses doentes.

A Linfadenectomia Inguinal Videolaparoscópica é realizada apenas com três pequenas incisões na região inguinal, sendo realizado o esvaziamento ganglionar daquela região. Com esse tratamento por laparoscopia, as complicações de ferida operatória (necrose de pele, infecção de ferida operatória, deiscência de ferida operatória, curativos prolongados) reduzem substancialmente, proporcionando uma recuperação mais rápida após a cirurgia, tornando o paciente habilitado a complementar seu tratamento com Radioterapia ou Quimioterapia caso seja indicado.

O Outro tratamento passível de ser realizado por Videolaparoscopia para Câncer de Pênis é a Linfadenectomia Pélvica Videolaparoscópica. Realizado por pequenas incisões abdominais, são retirados os linfonodos das cadeias pélvicas, com uma melhor recuperação clínica após. Nessa modalidade de tratamento, as complicações relacionadas à ferida operatória também são menores em relação à técnica aberta.

Deixe o seu recado

Open chat
Precisa de ajuda?