Câncer de Rim - Dr Mikael Vieira

Câncer de Rim

Câncer de Rim

Nefrectomia Radical

É a retirada completa do rim e de todos os seus envoltórios, podendo ser associada à Linfadenectomia Retroperitoneal dependendo do estadiamento da neoplasia renal.

Está indicada em tumores grandes ou muito complexos onde a remoção apenas do tumor não é possível. É realizada na maioria das vezes pela via Laparoscópica (pequenas incisões cirúrgicas), em centros especializados por profissionais capacitados.

Nesses casos, a Cirurgia Laparoscópica oferece menos sangramento, menos dor, a recuperação é mais rápida e os cortes são bem menores do que na cirurgia aberta. Em algumas situações, tais como tumores muito volumosos, localmente avançados e com trombos tumorais no interior da veia cava, a cirurgia aberta ainda pode ser indicada.

Nefrectomia Parcial

Tem sua indicação na remoção cirúrgica de tumores renais pequenos ou de complexidade menor. O benefício desse tratamento é realizar uma cirurgia poupadora de néfrons, isto é, não é realizada a retirada completa do rim.

É uma cirurgia com segurança oncológica cientificamente comprovada e melhores resultados funcionais para o paciente. A principal via de acesso é a Laparoscópica, devendo ser realizada por Urologistas habituados com esse tipo de procedimento cirúrgico.

As Nefrectomias Parciais Abertas (com cortes maiores) são reservadas para os tumores mais complexos, endofíticos ou com íntimo contato com as artérias e veias do rim. A recuperação pós-operatória é rápida na maioria das vezes, sem maiores intercorrências, principalmente nos casos realizados pela via laparoscópica.

Deixe o seu recado

Open chat
Precisa de ajuda?